Publicidade
Respiradores

Seinc viabiliza com a Suzano doação de mais 10 respiradores para Imperatriz

A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), segue dialogando com empresas que estão participando de uma rede solidaria para ajudar o Maranhão na luta contra o coronavírus

09/07/2020 21h36
Por: Valber Alves
Fonte: Seinc
3.320
Foto- Reprodução
Foto- Reprodução

Técnicos da Suzano Papel e Celulose recebem respiradores que serão doados ao Governo do Maranhão após tratativas da Seinc. Equipamentos vão ajudar no tratamento de pacientes em Imperatriz.

A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), segue dialogando com empresas que estão participando de uma rede solidaria para ajudar o Maranhão na luta contra o coronavírus. Nos próximos dias, mais dez respiradores que serão doados pela empresa Suzano Papel e Celulose, devem ser entregues ao Governo do Maranhão e vão auxiliar no tratamento de pacientes na cidade de Imperatriz.

O secretário da Seinc, Simplício Araújo, explica que os aparelhos chegaram nesta quinta-feira (9) em Salvador e foram recebidos pelo técnico da empresa, e em breve estarão em solo maranhense.

“Os aparelhos serão todos destinados para a cidade de Imperatriz e serão entregues nos próximos dias. Com mais esse reforço, vamos contribuir para o tratamento de pessoas tanto em Imperatriz, como em toda região Tocantina. Nosso agradecimento a mais essa empresa”, pontou Simplício Araújo.

Além da doação desses aparelhos, outros 187 respiradores foram comprados da China por meio de doações da classe empresarial em uma verdadeira operação de guerra para ajudar o Maranhão no tratamento de pacientes. Foram doados ainda, máscaras cirúrgicas, termômetros, álcool 70 e em gel, testes rápidos e serviços gratuitos a profissionais de saúde locais.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários