Publicidade
Voltas as Aulas

Secretaria de Educação planeja retorno às aulas para a primeira quinzena de agosto

De acordo com a Secretaria de Educação, um grupo de alunos faz atividades presenciais na escola

09/07/2020 10h59Atualizado há 1 mês
Por: Valber Alves
Fonte: ASCOM
178
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Educação de Açailândia já está planejando o retorno das aulas presenciais para a primeira semana de agosto, de forma gradativamente. Os alunos do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental serão os primeiros a retornarem às salas de aulas por meio de um revezamento semanal, na proporção de 50%.

De acordo com a Secretaria de Educação, um grupo de alunos faz atividades presenciais na escola, enquanto o restante da turma realiza atividades semipresenciais, a fim de garantir o distanciamento entre as carteiras.

Outras medidas devem incluir a obrigatoriedade do uso de máscaras, álcool gel em todas as salas e horários diferenciados para o recreio para as diferentes turmas.

“Para esse retorno temos que: garantir a sanitização em todas as escolas, alunos e professores terão que usar EPIs. Portanto, são muitas adequações que precisamos fazer para essa volta presencial gradativa com segurança. Essa proposta de ensino remoto que estamos ofertando, traz a segurança dos profissionais da educação, dos estudantes, além da garantia da conclusão do ano letivo para todos os estudantes, independente do calendário civil”, explica Karla Nascimento.

Por conta da Pandemia da Covid-19, as escolas da rede municipal de ensino, os alunos ficaram sem aulas presenciais desde a segunda quinzena do mês de março/2020 e com o prolongamento da crise epidemiológica no estado do Maranhão, a Secretaria Municipal de Educação viu a necessidade urgente de ofertar o ensino não presencial, para que os estudantes tivessem a oportunidade de manter o ritmo de estudos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários